Fazendo Belices » Arquivo Dieta? - Fazendo Belices
Voltando ao youtube e ao blog! \o/
Os dramas do Desafio Méliuz
Visto hoje às 19:45

Em 20 de agosto de 2013
desabafo-pensamentos-da-bela category image devaneios-da-bela category image reflexao category image video-2 category image
Imagem Olha, um post menos de um mês depois do outro! Aeeee. * clap, clap, clap*

Olá! 😀

No último post do blog falei de academia e do quanto eu acho chaaaaaato malhar. Eu pensando nisso e vendo o “boom saudável” que tem rolado nas redes sociais – principalmente no youtube – eu comecei a prestar atenção no que tenho comido e adivinha? Eu como muita besteira!

Pensando na minha saúde (e em emagrecer também, por que não?) decidi parar de comer tanta besteira diariamente. Diminuí consideravelmente a quantidade de pão que como por semana (só não digo que parei porque como quando não tenho mais o que comer), chocolate só um pedacinho pequeno por dia (como uma barra em mais de uma semana, em vez de quase uma barra inteira por dia), estou comendo de três em três horas (em vez de ficar hooooooooooras sem comer) e comendo mais frutas em vez de salgados na faculdade. Eu já como em porções pequenas, eu como muito pouco mesmo, então não as diminuí, até porque se eu diminuísse ia morrer de fome, né?

Quando adolescente, eu fazia muito exercício, então eu podia comer 500 barras de chocolate diariamente que eu continuava magra (não comia nada disso porque era neurótica por emagrecer, mesmo sendo magra, mas essa não se encaixa aqui, senão o post vai ficar gigantesco), mas então eu terminei o ensino médio – eu fazia esportes na escola – e chegou época de vestibular, o término no namoro, ansiedade e depressão e eu engordei muuuuuuuuuito – 10kg, pra ser mais exata. Eu tinha 50 e passei pra 60 – e nos últimos 3 anos (foi quando comecei a engordar) eu tava tão nervosa com a faculdade (também é assunto pra outro post) que não “ligava” pra isso. E também eu fui tão encanada com isso a minha vida toda que eu tinha que “relaxar” um pouquinho, senão era arriscado desenvolver algum distúrbio alimentar. Pra terem uma noção, teve uma época que desejei ter dengue hemorrágica porque um menino que estudava comigo teve e emagreceu muito. Mais um pouquinho, eu ficava realmente doente. Por isso tive que relaxar.

Mas agora chega de moleza! Chega a ser ridículo o quanto engordei e não quero engordar mais. Quero emagrecer de forma saudável, não do jeito doentio que queria fazer quando adolescente, por isso já comecei a musculação (mesmo faltando muito. Shame on you, Bera), vou aumentar a atividade aeróbica (aeróbica ou aeróbia?) e comer mais saudável. Vou começar a comprar coisinhas saudáveis pra comer nos intervalos entre as refeições e me policiar a beber bastante água todos os dias. Tava querendo voltar pras aulas de dança também, mas acho que isso não vai ser possível esse ano. T-T

Não tô de dieta, não como só verde nem nada, só decidi diminuir as “besteirinhas” diárias que você nem percebe que tá comendo. Pensei também em fazer uma coisa meio “vigilantes do peso” e ir anotando tudo que como ao longo do dia, só pra ter uma noção do que tenho comido ao longo da semana. Ainda não sei o que vou fazer realmente, mas não quero ficar comendo porcaria e isso se refletir na minha saúde daqui a alguns anos.

E você, tá de dieta? Tem vontade de emagrecer? Comenta aí embaixo.







Diogo 20-08-2013

Vendo esse seu post ate animei a dar uma parada na comilança de besteira que to nela eu tinha parado de comer besteiras e tava comendo de 3 em 3h dei uma emagrecida boa ai descuidei e engordei de novo =/

Responder
belahanajima 20-08-2013

Sei como é…
Eu, por exemplo, sou chocólatra, é impossível eu largar os doces, então eu diminuí a quantidade.

Responder
Projeto “Seja Bela” | Bela Hanajima 15-09-2013

[…] eu já disse nesse post aqui, eu tenho um pouco de problema com a musculação, mas disse aqui que estava num processo de “reeducação alimentar”(entre aspas porque nunca deixei de […]

Responder

Comentar






*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.