Fazendo Belices » Arquivo Eu... - Fazendo Belices
Voltando ao youtube e ao blog! \o/
Os dramas do Desafio Méliuz
Visto hoje às 19:45

Em 1 de julho de 2014
devaneios-da-bela category image reflexao category image vida category image

Eu não pertenço ao padrão europeu de beleza. Tenho olhos castanhos, nariz grande, cabelo cacheado, lábios grossos, 1,60m, meu cabelo é naturalmente escuro, tenho coxas grossas, tenho quadril largo, nem de longe eu pareço uma modelo.

Há muito tempo cansei de tentar parecer com o padrão imposto pela sociedade, cansei também de tentar gostar do que as pessoas gostam. Há muito tempo cansei de tentar ser macérrima, de alisar os cabelo, de pintar o cabelo de cores “normais”, de usar as roupas que as pessoas costumam vestir, de dizer o que as pessoas querem que eu diga e de pensar o que todo mundo pensa. Não gosto dos hits musicais do momento, não conheço os nomes das músicas da Anitta nem do Luan Santana, eu não me sinto bem naqueles vestidos mega curtos e justos e nunca tive vontade de ter corpo de panicat.

Eu sou uma pessoa bobona, brincalhona, palhaça, tímida, sonhadora, distraída, desastrada, orgulhosa, teimosa e me aceito assim. Já quis ser magra igual às minhas amigas e (mesmo sabendo que nunca conseguiria por causa da minha estrutura corporal) quase tive uma anorexia por causa disso. Hoje em dia aprendi a me aceitar como sou, já que para me mudar precisa de muito esforço e muito dinheiro. Podem me chamar de “gorda”, “feia” ou “maluca”, nem ligo e sabe por quê? Porque quando você se aceita como é, não importa o que as pessoas pensam. Sem falar que o que importa é a gente ser feliz, não é mesmo? E o que a opinião das pessoas influencia na sua felicidade? Nada!

Não vou ser hipócrita e dizer que estou amando meu corpo como está ou que minha pele está perfeita assim. Óbvio que tem algumas coisas que quero mudar, mas agora quero mudar por mim, para me fazer feliz, não porque fulano, sicrano ou beltrano falaram que não acham bonito ou que não gostam.

O lema do meu blog é “trendy is being yourself” (tendência é ser você mesmo) que é algo que estou tentando levar comigo sempre. Às vezes você vê uma saia da moda ou um esmalte da moda que você nem gostou tanto, mas usa porque todos estão usando. Por que isso? Se não gostou, é só não usar, ninguém é obrigado a nada, então não há necessidade de fazer algo só porque alguém faz. Então é sempre bom lembrar que ser você mesmo é fundamental, não só no que você usa, mas as pessoas que estão em volta percebem quando alguém não é verdadeiro. Quanto mais “você” você for, mais pessoas você vai cativar.

Assinatura blog

 







Direitriz 17-07-2014

Nossa, super concordo com isso e te entendo completamente. Indo atrás do “corpo perfeito” passei por uma breve anorexia, e não adiantou absolutamente nada porque depois que retomei minha rotina engordei tudo de novo.
Estou amando seu blog, ganhou uma fã.
Se puder, visite o meu
bjos.

Responder
belahanajima 17-07-2014

Eu não sei se passei por uma leve anorexia porque nunca cheguei a me consultar com um psiquiatra e tal, mas que beirei distúrbios alimentares, beirei e muito tenuemente.
Muito obrigada, vou visitar seu blog sim.

Responder
Projeto Seja Bela – Vamos emagrecer? | Bela Hanajima 20-07-2014

[…] Sobre me aceitar mais como sou […]

Responder
martinadomingues 26-08-2014

tens um bofe mt bonito, que com certeza gosta do teu corpo do jeito que ele é, e pode ter certeza de que não adianta ter um corpo perfeito se a mente é vazia 🙂

Responder
belahanajima 26-08-2014

Ele vive dizendo pra mim que sou perfeita do jeito que sou. Como não amar esse homem? ♥

Responder
Autoestima e vergonha do próprio corpo | Bela Hanajima 29-08-2014

[…] já disse nesse post e nesse vídeo aqui, de vez em quando eu não me identifico com o corpo que vejo no espelho no […]

Responder

Comentar






*Para que sua foto apareça aqui é necessário que você tenha uma conta no Gravatar.
*Sem spam e sem xingamentos nos comentários.